raivaNovas pesquisas de psicólogos americanos trazem à tona uma revelação: Ter um ataque de raiva não acalma nem resolve nada. Fico com raiva só de pensar quanto tempo e dinheiro gastaram para chegar a esta brilhante conclusão.

Fico pensando no governos utilizando essas fantásticas descobertas para acalmar seus cidadãos….Só quero ver se vai funcionar junto aos soldados que estão no Iraque!

Quer dizer que agora não podemos mais nem ter raiva!

ASSIM NÃO DÁ!!!

01/03/2007 – 16h06 – UOL

Descarregar a raiva não acalma e até faz mal, mostram estudos

NOVA YORK (Reuters) – Descarregar a raiva em alguma coisa pode parecer uma boa forma de acabar com o sentimento negativo, mas pesquisadores norte-americanos disseram que o método é ineficaz e pode até ser prejudicial.

Eles revisaram estudos prévios sobre o efeito de desabafar no caso de fortes emoções e todos eles mostraram que isso não reduz as tendências agressivas, e na verdade até as agrava.

Em vez de socar travesseiros, gritar ou jogar objetos inanimados para longe, os pesquisadores sugeriram respirar fundo e tentar relaxar para dissipar a raiva.

“Se descarregar realmente ‘tirasse’ a raiva da pessoa, ela deveria resultar na redução tanto da raiva quanto da agressão. Infelizmente para a teoria da catarse, os resultados mostraram o efeito contrário”, disse Jeffrey Lohr, professor de psicologia da Escola de Artes e Ciências J. William Fulbright, da Universidade de Arkansas.

Quem tenta liberar a raiva fazendo exercícios ou descontando na pessoa que a causou acaba ficando mais ressentido, e não menos, segundo os estudos.

“O que as pessoas não percebem é que a raiva teria se dissipado se elas não tivessem descarregado. Além disso, ela teria se dissipado mais rápido se elas tivessem em vez disso tentado controlá-la”, afirmaram Lorhn e sua equipe numa declaração.

Os resultados da revisão foram publicados no livro “The Pseudopsychology of Venting in the Treatment of Anger: Implications and Alternatives for Mental Health Practice” (A Pseudopsicologia de Descarregar no Tratamento da Raiva: Implicações e Alternativas para a Prática da Saúde Mental).

Os autores disseram que há resultados animadores na terapia cognitivo-comportamental, que se baseia no fato de que os pensamentos causam os sentimentos e o comportamento.